Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/fuzos008/public_html/index.php:4) in /home/fuzos008/public_html/index.php on line 4
Associação de Fuzileiros // natal

Associação de Fuzileiros

 

Convívios

ASSOCIAÇÃO DE FUZILEIROS

Destacamento de Fuzileiros Especiais Nº8

Guiné – 1969/71

Comemorou o seu 43.º Aniversário

 

O 8º Destacamento de Fuzileiros Especiais – Guiné - 1969/1971 levou a efeito mais um momento de confraternização com um almoço/convívio nas instalações da Associação de Fuzileiros, no dia 04 de Dezembro de 2012, evento este onde as saudades foram bem patentes nos abraços sentidos a toda esta “ família” que foi e será sempre o DFE 8.

Estiveram presentes 23 ex-militares, 16 familiares e convidados, embora o mesmo tivesse tido lugar num dia de semana por imperativos pessoais da sempre carismática figura do Comandante Teixeira da Silva, a viver na Região Autónoma dos Açores que nos honrou com a sua presença.

Por esta razão não foi possível a presença de mais elementos, o que lamentamos.

Constituição do DFE 8 e embarque

O 8º DFE comandado pelo saudoso Comandante, 1º. Ten João Eduardo da Costa Xavier e pelo Imediato 2º Ten Fernando Sanches Oliveira, e por 2 Subtens RN Carlos Manuel Pacheco Teixeira da Silva e António José Jorge Barreira - e composto por 5 Sargentos e 1 Sargento H , 2 Cabos, 22 Marinheiros, 22  1ºs Grumetes  e 24 2ºs Grumetes - embarcou a 14 de Abril de 1969, no NRP S. Gabriel e chegou à Provincia da Guiné em 19 de Abril de 1969, dando inicio à sua atividade operacional (P.T.O.) em 02 de Maio de 1969, sob a coordenação táctica do DFE13 e sob o Comando Operacional da TG 27.3, Comandada pelo Cap-Ten. Guilherme Almôr de Alpoim Galvão.

Algumas curiosidades que fazem parte do historial do 8º DFE:

1. - 1º Contacto com o IN, em 07 de Maio de 1969 - baixas ao IN e capturada a 1ª arma;

2. - Em 02 de Maio de 1970, o 8º DFE, destacou para a Vila do Cachéu, com um registo de 35 acções e operações em terra, 5.700 horas em emboscadas e 119 horas em patrulhas de botes.

 3. - Na Vila do Cachéu, sob o Comando Operacional do CAOP1, totalizou 11 acções e operações e 109 horas em emboscadas em botes;

 4. - Em 06 de Julho de 1970, o 8º DFE destacou para a cidade de Teixeira Pinto, ficando sob o Comando Operacional CAOP1, onde realizou, até 07 de Outubro de 1969, 10 operações e acções, 72 horas em emboscadas em botes e cerca de 156 horas de patrulhas

5. - Em 07 de Outubro de 1969, o 8º DFE destacou para Buba, com uma breve passagem por Bissau e até 26 de Novembro realizou 6 reconhecimentos, 480 horas em patrulhas e 427 horas em emboscadas em botes;

6. - Em 26 de Novembro de 1970 destacámos para a cidade de Teixeira Pinto, onde permanecemos até 06 de Janeiro de 1971, tendo efectuado 5 acções e operações em terra, 12 horas em emboscadas e patrulhas em botes e cerca de 282 horas em protecção aos trabalhos da estrada Teixeira Pinto - Cachéu;

7. - O DFE 8 sofreu as seguintes baixas em combate: 5 mortos, 6 feridos graves, 20 feridos ligeiros;

8. - Muitas baixas infligidas ao IN, nem sempre identificadas;

9. - Armamento, munições e equipamento apreendido ao IN: 3 espingardas MOSIN NAGANT; 1 espingarda MAUSER; 1 carabina SIMONOV; 1 P/M PPSM; 1 M/L MG-34; 1 KALASHNIKOV; 1 P/M M-25; 2 granadas de Morteiro 60; 2 granadas RPG-2; 5 Gr/m Defensivas; 5 Gr/m Ofensivas; 2 Gr/m Defensivas montadas em armadilhas; 48 Detonadores; 3 disparadores mecânicos; 300 cartuchos impulsores de morteiro 82; 1.700 munições de armas ligeiras; 1 Base de Metralhadora pesada; etc., etc.;

10. - Foram efectuadas 22 detenções em zona de operações e destruídas: 49 canoas, 35 casas de mato, duas pontes de madeira e outros, etc., etc.

Prémios, Louvores e Recompensas

    Foram atribuídas as seguintes condecorações: 1 Medalha de Valor Militar/cobre; 1 Medalha da Cruz de Guerra de 1ª classe; 1 Medalha de Cruz de Guerra de 2ª classe; 2 Medalhas de Cruz de Guerra de 3ª classe; 1 Medalha de Cruz de Guerra de 4ª classe; 1 Medalha de Serviços Distintos Prata; 4 Medalhas de Serviços Distintos Cobre; 1 Medalha de Mérito Militar de 3ª classe; 16 Medalhas de Mérito Militar de 4ª classe; 23 louvores individuais; 2 Premios Governador da Guiné; 5 Prémios Movimento Nacional Feminino; 2 Menções de Apreço; 4 louvores colectivos conferidos pelas seguintes Entidades: General Comandante Chefe das Forças Armadas da Guiné (2) Coronel de Artilharia Freitas do Amaral, Cap-Ten. FZE Gilherme Almôr de Alpoim Galvão.

O historial que aqui se procurou fazer, modo abreviado, do nosso DFE 8 faz justiça a um punhado de HOMENS que souberam estar sempre com orgulho e prontos nas mais diferentes e exigentes missões a que foram chamados, defendendo, com muita honra a Pátria, a Marinha e elevando bem alto os FUZILEIROS.

Que o País reconheça todo o empenho, sofrimento, que os HOMENS não sejam esquecidos e que a Pátria nos abençoe. Afinal, somos os seus filhos.

Para terminar é justo referenciar e dar o merecido valor à “comissão”, que sempre soube, com elevado empenho, organizar os Almoços/Convívios da “família” do 8º DFE.

Para todos os que a integraram o nosso muito obrigado.

 

Comt J. S. Batista

Sócio Originário N.º 2.138 

 

“Fuzileiro uma vez fuzileiro para sempre”

 

 

 

 

Voltar